Buscar
  • Cirúrgica Ceron

Aprenda a medir corretamente a Pressão Arterial


A força que o sangue exerce nos vasos sanguíneos quando é bombeado pelo coração para circular pelo nosso corpo é conhecida como pressão arterial.

A medida da pressão considerada normal é aquela mais próxima de 120x80 mmHg. Desta forma, sempre que a pressão sobe além deste valor consideramos que a pessoa está hipertensa e, abaixo, a pessoa está hipotensa. No decorrer do dia, inúmeros são os fatores que podem fazer com que nossa pressão oscile: Exercícios ou esforço físico, estresse e mudanças de humor, alimentação, etc. Porém, ao ser aferida em repouso e sem o impacto destes fatores temporários, a pressão deve se manter estável e mais próxima possível do valor referencial, como já vimos.

Quando a pressão aferida se mostra constantemente alta, pode representar um quadro de hipertensão e caso o resultado obtido se mostra constantemente abaixo da referência, é possível que uma hipotensão tenha se desenvolvido na pessoa. Nas duas situações, a pressão deve ser corretamente regulada, para garantir o bom funcionamento de todo o sistema cardiovascular.

Para aferir a pressão arterial podem ser utilizadas técnicas manuais, como o esfigmomanômetro, ou aparelhos digitais, encontrados em farmácias e lojas especializadas, como a CIRÚRGICA CERON.

A pressão arterial não deve ser medida com os dedos ou usando relógio de pulso, pois esse método só é eficaz na medição da frequência cardíaca, que é o número de batimentos do coração por minuto.

Quando medir a pressão arterial

A pressão arterial deve ser medida:

No período da manhã e antes de tomar qualquer remédio;

Depois de urinar e de descansar por, pelo menos, 5 minutos;

Sentado e com o braço relaxado.

E também é muito importante não tomar café, bebidas alcoólicas ou fumar 30 minutos antes, assim como, manter a respiração normal, não cruzar as pernas e evitar falar durante a medição.

A braçadeira do aparelho a ser utilizado deve estar adequada ao braço, não sendo muito larga ou apertada. No caso de pessoas obesas, a alternativa para a aferição da pressão pode ser por meio da colocação da braçadeira no antebraço.

Existem alguns aparelhos que conseguem medir a pressão arterial nos dedos, no entanto não são confiáveis e, por isso, não devem ser utilizados em situações mais sensíveis, pois a pressão arterial nas extremidades é diferente da pressão no resto do corpo. Além disso, a medição da pressão arterial na coxa ou na panturrilha só é recomendada quando a pessoa possui alguma contraindicação para fazer a medição nos membros superiores, como ter algum tipo de cateter ou ter feito cirurgia de remoção de gânglios linfáticos.

1. Com o aparelho digital


Para medir a pressão arterial com o aparelho digital, deve-se colocar a braçadeira do aparelho 2 a 3 cm acima da dobra do braço, apertando-a, de forma que o fio da braçadeira fique por cima do braço, como mostra a imagem. Depois com o cotovelo apoiado na mesa e a palma da mão virada para cima, ligar o aparelho e esperar até que ele faça a leitura da pressão arterial.

Existem aparelhos digitais com uma bomba, por isso, nestes casos, para encher a braçadeira, deve-se apertar a bomba até os 180 mmHg, esperando depois que o aparelho faça a leitura da pressão arterial. Se o braço for muito grosso ou muito fino, poderá ser necessário utilizar uma braçadeira maior ou menor.

2. Com o esfigmomanômetro


Para medir a pressão arterial manualmente com esfigmomanômetro e estetoscópio deve-se:

Procurar sentir o pulso na dobra do braço esquerdo, colocando a cabeça do estetoscópio nesse local;

Colocar a braçadeira do aparelho 2 a 3 cm acima da dobra do mesmo braço, apertando-a, de forma que o fio da braçadeira fique por cima do braço;

Fechar a válvula da bomba e com o estetoscópio nos ouvidos, encher a braçadeira até aos 180 mmHg ou até deixar de ouvir sons no estetoscópio;

Abrir a válvula lentamente, ao mesmo tempo que se olha para o manômetro. No momento em que se ouve o primeiro som, deve-se registar a pressão indicada no manômetro, pois é o primeiro valor da pressão arterial;

Continuar a esvaziar a braçadeira até se deixar de ouvir som. No momento em que se deixa de ouvir sons, deve-se registar a pressão indicada no manômetro, pois é o segundo valor da pressão arterial;

Juntar o primeiro valor com o segundo para obter a pressão arterial. Por exemplo, quando o primeiro valor é 130 mmHg e o segundo é 70 mmHg, a pressão arterial é de 13 x 7.

A medição da pressão arterial com esfigmomanômetro exige treino e preparação e pode resultar em valores errados, caso a pessoa não esteja atenta. Por esse motivo, muitas vezes, este tipo de medição é feita apenas por profissionais de saúde, como enfermeiros, médicos ou farmacêuticos.

3. Com aparelho de pulso


Para medir a pressão arterial sozinho pelo pulso deve-se colocar o aparelho no pulso esquerdo com o monitor virado para dentro, como mostra a imagem, apoiando o cotovelo na mesa, com a palma da mão voltada para cima e esperando que o aparelho faça a leitura da pressão arterial. É importante que o punho seja posicionado na altura do coração para que o resultado seja mais confiável.

Este aparelho não deve ser usado em todos os casos, como no caso de aterosclerose. Desta forma, antes de comprar um aparelho deve aconselhar-se junto de um farmacêutico ou enfermeiro.

Quando se deve avaliar a pressão

A pressão deve ser medida:

Em pessoas com hipertensão pelo menos uma vez por semana;

Em pessoas saudáveis, uma vez por ano, pois a pressão alta nem sempre gera sintomas;

Quando existem sintomas como tonturas, dor de cabeça ou visão, por exemplo.

Em alguns casos, o enfermeiro ou médico pode indicar uma medicação mais regular, sendo importante que a pessoa registre os valores obtidos para que o profissional de saúde consiga comparar.

Onde se deve medir a pressão

A pressão arterial pode ser medida em casa, em farmácias ou no pronto-socorro, sendo que, em casa, deve-se optar por medir a pressão arterial com um aparelho digital em vez de medir manualmente, por ser mais fácil e rápido.


70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo